Popup

NOVIDADES IMPERDÍVEIS DA LS2

Home / Institucional / FAQ

FAQ

Sobre o uso de adesivos refletivos

COMUNICADO BR MOTORSPORT
CNPJ: 08.383.758/0001-68

A BR Motorsport, importadora e distribuidora oficial da marca LS2 Helmets, comunica aos seus clientes e consumidores que, em conformidade com a Resolução 203 de 29/09/2006 do CONTRAN, passou a ser obrigação da empresa vendedora de capacetes a prévia fixação dos adesivos refletivos mencionados na norma de trânsito, o que sempre foi rigorosamente cumprido pela BR Motorsport. Embora seja improvável, existe a possibilidade teórica de que ainda haja algum capacete novo no estoque de algum revendedor ou em uso pelo consumidor final. Assim, caso o consumidor venha a adquirir ou tenha adquirido qualquer CAPACETE LS2 sem a fixação dos adesivos refletivos, fica desde já convocado a entrar em contato com a sede da BR Motorsport, na Alameda Tocantins, nº 764, ou pelo telefone (11) 2666-2999, ou ainda, pelo e-mail sac@brms.com.br, para que os adesivos que acompanham os capacetes vendidos antes de setembro de 2006 sejam fixados e/ou fornecidos para adequação à lei.

Dúvidas sobre o capacete

  • Qual é o procedimento de limpeza e manutenção de meu capacete?

Casco: Para conservação e limpeza, lavar somente com sabão neutro e água, deixando secar a temperatura ambiente, no caso do casco, poderá ser utilizado para polimento final, cera automotiva com o auxílio de uma flanela.

Forração removível: Esta característica de forração removível significa que o forro pode ser retirado para limpeza. A forração inteira, incluindo suas laterais podem ser lavadas a mão, com sabão neutro e deixadas para secar a sombra.

Os revestimentos laterais “bochechas” desencaixam-se e encaixam-se facilmente através dos botões de pressão fixado no interior da forração e pelo lado interno das laterais – puxe-as e retire-as passando sua conta jugular pelo orifício interno da lateral;

Puxe a forração pela parte dianteira e depois a traseira soltando as presilhas redondas que se encontram na extremidade superior interior.

Para recolocar, siga o procedimento contrário encaixando as presilhas deixando a forração bem afixada junto ao isopor do capacete.

Atenção: Não use máquina de lavar ou secadora, pois podem danificar permanentemente os painéis traseiros e encaixes tornando-os inutilizáveis.

  • Cuidados com a viseira:

Lavar com sabão neutro e água corrente.

Atenção:não usar solventes, gasolina ou produtos abrasivos, não aplicar vernizes ou adesivos, estes produtos são agressivos e reduzem a resistência estrutural da viseira.

  • Porque as viseiras não podem ser anti – embaçamento?

Porque são existe a possibilidade de a viseira conseguir absorver ou gerenciar umidade do ar. A natureza física do processo de condensação de umidade, impede usar a uma lente policarbonato. Pois o ar frio de fora chocará com superfície que tem ar quente dentro e condessará a umidade produzida pelo suor, produzindo pequenas gotas de água na superfície.

As viseiras são feitas em Policarbonato, protege a visão do piloto de possíveis impactos de partículas ou objetos suspensas como água, pedriscos, sujeira, insetos, e garantir uma visão perfeita enquanto piloto dirige.

O material aceita banhos como anti-risco, tratamento dado a todas as viseiras LS2.

Uma lente Pinlock® é feita para garantir uma visão sem embaçamento.

Feito de celulosa a superfície do Pinlock® é capaz absorber, atrair e armazenar efetivamente as moléculas de água pela umidade gerada dentro do capacete, enquanto a vedação hermética cria uma barreira térmica, evitando que o ar frio de fora e quente dentro do capacete entrem em contato impedindo a condensação de água na viseira.

  • Posso usar a viseira colorida a noite?

Não, de acordo com a Resolução 940 § 4º do Conselho Nacional de Trânsito, o CONTRAN. Durante o dia as viseiras escuras e espelhadas estão permitidas, mas no período noturno (a partir das 18h), apenas o modelo transparente deve ser utilizado.

Isso é porque as viseiras escuras atrapalham a visibilidade à noite, o que pode causar acidentes.

  • Meu capacete caiu, o que devo fazer?

O capacete é desenhado para absorver o impacto através da destruição parcial da calota e dos componentes internos. Apesar do capacete não apresentar danos visíveis, recomendamos que o substitua caso tenha sofrido uma queda, mesmo que leve.

  • Como funciona o sistema de proteção dos capacetes?

Os capacetes LS2 foram projetados para protegê-lo. Por suas características, parte da energia proveniente do impacto é absorvida por seus componentes, como poliestireno expandido interno (isopor), dispersando-se sobre a superfície maior do casco externo, que sofrerá destruição parcial ou total de seus componentes. Isto não é nenhum sinal de defeito, mas uma prova de que o capacete cumpriu sua função, absorvendo do choque e protegendo sua cabeça. Este capacete deve ser substituído sempre que sofrer algum tipo de impacto, mesmo que leve.

Atenção: Nenhum capacete irá proteger o usuário de todos os possíveis acidentes. Por isso, dirija com todo cuidado, respeitando as leis de trânsito e sinalização.

  • Os capacetes LS2 cumprem as exigências do mercado brasileiro?

Todos os capacetes são homologados pelo INMETRO, e seguem todos os padrões de exigência das normas de trânsito: NBR 7471 – Capacete para condutores e passageiros de motocicletas e similares.

  • Como escolher o capacete ideal?

Para garantir o máximo de segurança, é importante que seu capacete esteja bem calçado, com conforto, ou seja: não deve estar muito “largo”, pois ficará movendo-se livremente em sua cabeça, caindo sobre os olhos, prejudicando a visão, como poderá girar lateralmente durante a pilotagem.

Assegure-se de sempre que os sistemas de retenção “engate rápido” estejam corretamente enlaçados e firmes de modo a manter o capacete fixo em sua cabeça. Em caso de dúvida, antes de sair com a motocicleta, revise e assegure-se que o sistema de retenção esteja bem firme. Tal atitude visa evitar que no caso de um acidente, onde o capacete estará recebendo impacto de todos os lados e de diversas direções, que alguns desses impactos façam com que o capacete saia de sua cabeça.

O capacete deverá permitir o uso de óculo corretivo ou de sol, a viseira não deverá elevar-se acima do plano horizontal. Deverá estar fixada firmemente para dar proteção facial efetiva. A borda traseira “posterior” do capacete não deverá entrar em contato com as vertebras cervicais quando o usuário oscilar a cabeça pendendo a mesma para trás.

Se o tamanho estiver correto, permaneça com o capacete por alguns minutos e verifique se não sente dor nas zonas de pressão. Se estiver indeciso, repita as várias fases até ter certeza de que é o capacete ideal. Em caso de dúvida e em condições de igual conforto entre dois tamanhos, escolha sempre o tamanho menor.

  • Como prolongar a vida útil do meu capacete?

Não aproximar seu capacete de fontes de calor (temperaturas acima de 60ºC) como escapamento da motocicleta, lâmpadas acesas do tipo spot, dicroicas ou incandescentes, bem como evitar a exposição prolongada da exposição ao sol, ou dentro do automóvel fechado, isto pode causar a deformação da superfície do produto, acarretando a perda de garantia do seu capacete.

  • Não realizar modificação no casco do capacete por conta própria.

  • Não reformar o capacete com tintas ou adesivos.

  • Não utilizar para a limpeza de seu capacete: gasolina, hidrocarbonetos, solventes ou outros produtos químicos.